LA PAZ

A Capital Mais Alta do Mundo

A capital boliviana é também a mais alta do mundo. Com seus 3.600 metros de altitude, está localizada em um vale profundo, rodeado por montes e montanhas pertences à Cordilheira dos Andes. Os morros que cercam a cidade são forrados de casas, quase todas com tijolos expostos. Isso porque muitos habitantes optaram por não pintar suas casas, deixando-as em eterno estado de construção, e assim, não precisando pagar mais impostos ao governo.

A cidade é cheia de ladeiras que, aliadas a altitude, deixam qualquer um com falta de ar. As folhas de coca ajudam a evitar o mal estar e por isso fazem parte da cultura local, sendo muito consumida por esse benefício. Ainda assim, geram grande polêmica por serem matéria prima para a produção da cocaína, o que não tem nada haver com a cultura e tradição local.

 

Apesar do crescimento de La Paz, seu povo soube manter e adaptar seus valores e crenças ancestrais aos novos tempos. Mais da metade da população boliviana é constituída de índios descendentes de mais de 30 diferentes etnias. A maioria é descendente dos Aimaras, como é o caso do presidente Evo Morales.

Tivemos a sorte de presenciar um momento importante da política boliviana. Chegamos na cidade um dia antes das eleições presidenciais, o que consideramos um azar porque durante o dia de votação tudo estava fechado e tivemos que mudar nossa programação. No entanto, como não tínhamos muito a fazer, além de passear, no final da tarde fomos até a praça Murrilo, localizada bem no centro da cidade. De repente se iniciou uma grande movimentação de pessoas e ao conversar com elas, descobrimos que o resultado das eleições estava para ser anunciado. Evo Morales, que estava tentando a reeleição, ganhava com folga e faria seu pronunciamento bem ali dentro de algumas horas, isso porque o palácio do governo fica em frente a praça. Nos juntamos ao povo e esperamos o pronunciamento. Por se tratar de uma pessoa que veio do povo e por ter adotado uma política socialista em um país com tamanha pobreza, Evo é muito querido pelo seu povo e é quase uma unanimidade na Bolívia.

 

La Paz oferece diferentes atrações aos turistas, desde misteriosos sítios arqueológicos à prática de esportes radicais. Um deles é o famoso downhill de bike na Estrada da Morte, uma descida de mais de 4 horas na estrada mais perigosa do mundo (por ser estreita, íngreme e com penhascos enormes), com um visual fantástico. Mas, infelizmente tivemos que cortar esse passeio do cronograma por conta das eleições. Fico devendo as fotos! Ainda assim fomos a muitos lugares, vou mostrar um pouquinho de cada.

 

Plaza Murrilo e San Francisco

 A Praça Murrilo é o marco zero da cidade de La Paz e o seu nome é em homenagem a Pedro Domingo Murrilo, percursor da independência do país. Ao seu redor estão importantes edifícios como o Palácio do Governo, a Sede do Congresso e a Catedral. O local presenciou inúmeros acontecimentos marcantes da história boliviana, principalmente durante as guerras de independência da América Espanhola.

A Praça San Francisco é a maior de La Paz e nela se encontra a Catedral San Francisco. É também um espaço político importante, onde costumam acontecer manifestações e protestos.

 

Mercado de Las Brujas

O Mercado é na verdade um conjunto de ruas onde se pode comprar todos os tipos de amuletos, plantas de proteção e cura, artigos contra maus espíritos e outros objetos tradicionais da cultura Aymara e  de outros rituais de tradição Andina. São vendidos até mesmo fetos de lhama mumificados que, segundo as “feiticeiras” locais, se enterrado em sua casa, trazem coisas boas a sua vida.

 

Mirador Killi Killi

O Mirante Killi Killi oferece uma vista excelente de toda a cidade. Para chegar lá aconselho ir de taxi, é muito barato e encarar a subida a pé é bem puxado.

 

Estadio Hernando Siles

Com capacidade de 42 mil torcedores, o Estádio Hernando Siles é um dos mais temido por muitos clubes estrangeiros, afinal, correr 90 minutos na altitude de La Paz não é fácil. O estádio é utilizado pelos clubes da cidade: Club Bolivar, La Paz F.C. e The Strongest, também conhecido como “Los Tigres”. Encontramos o administrador do estádio que nos permitiu uma visita ao campo.

O Povo Boliviano

Além desses lugares, não tem como falar de La Paz sem falar do seu povo. Por todos os lugares é possível encontrar as famosas “Cholas”, mulheres com longas tranças e saias coloridas, mantendo a tradição das vestimentas bolivianas. O povo boliviano é um povo orgulhoso de sua tradição e cultura, se por um lado a Bolívia é um país pobre economicamente, culturalmente é sem dúvida um país muito rico. Gracias a su pueblo!