LAGUNAS: Branca, Verde e Colorada

Os lugares mais incríveis da Bolívia

Quando cogitei viajar para a Bolívia, as Lagunas foram o que me fizeram ter certeza de que valeria apena conhecer a região. As fotos que eu havia visto pela internet me impressionaram, mas pessoalmente fiquei ainda mais deslumbrado com a beleza destes lugares.

Situadas no meio da Cordilheira Ocidental dos Andes, a uma altitude de 4600 metros, encontram-se varias lagunas em meio ao deserto. As lagunas são riquíssimas em minérios, o que faz com que cada uma delas possua uma cor particular. Além disso, são habitadas por pássaros migratórios, principalmente pelos rosados flamingos.

 


 

Durante este trecho da viagem pela Bolívia, eu fiquei bastante impressionado ao perceber como a natureza é poderosa e pode realmente nos surpreender. Nós andávamos de carro no meio do deserto por uma, duas horas e de repente nos deparávamos com uma lagoa incrível como na foto acima, com fauna, flora, tudo deslumbrante. Voltávamos ao carro, mais uma hora de deserto e de novo um lugar incrível. Parecia um parque projetado, mas não, estavam todas ali, naturalmente! Isso sem falar das montanhas, formações rochosas, gêiser e tudo mais, que contei AQUI e AQUI.

Mas vamos voltar as Lagunas! Existem diversas, as mais conhecidas e visitadas são: Laguna Verde, Laguna Branca e a mais impressionante de todas, a Laguna Colorada.

 

LAGUNA BRANCA E LAGUNA VERDE

Aos pés do vulcão Lincancabur, que possui 6200 metros de altitude, estão localizadas a Laguna Verde e a Laguna Branca, uma ao lado da outra. A água da Laguna Branca está repleta de minerais, que concedem a coloração esbranquiçada a ela. Com seus quase 6 km de comprimento e 3,5 de largura, a Laguna Blanca é praticamente um espelho que reflete a paisagem ao seu redor. Já a Laguna Verde possui tal cor devido à presença de minerais como magnésio, carbonato de cálcio, chumbo e arsênio que dão a coloração à água. Nessa Laguna não existe nenhum tipo de vida porque a água é tóxica.

 

LAGUNA COLORADA

Localizada logo na entrada principal do Parque Nacional de Fauna Andina Eduardo Avaroa, próximo da fronteira com o Chile, a visão que se tem da Laguna Colorada é de tirar o fôlego. Fiquei realmente abismado, sem saber se eu fotografava ou apenas admirava tamanha beleza. A Laguna possui uma coloração avermelhada que é originada por sedimentos vermelhos e pigmentação de algas, em contraste com a cor escura do solo composto por sedimentos vulcânicos e o branco das ilhas de sal bórax. Para completar a paisagem surreal, os flamingos.

 

Tenho certeza que aqueles que têm a oportunidade de conhecer as Lagunas, guardarão o momento como uma oportunidade  única, incomparável e experimentarão a sensação de que em momentos como esses, não precisamos de nada além da natureza para sentir-se em plenitude.